• Baldy (PSDB) não mede críticas ao governo petista Sexta-feira, 04/09/2015 às 10:39:15

    Letícia Jury

    Em entrevista a Rádio São Francisco, o deputado federal Alexandre Baldy não poupou o governo federal das suas críticas, principalmente quando questionado sobre o recuo da presidência em recriar o CPMF. Segundo ele, a impressão que se tem é que o PT ainda não percebeu que o Brasil passa por uma grave crise, o que tem gerado inúmeros problemas, dentre eles o aumento do desemprego. “A inflação corrói o poder de compra dos brasileiros; e com a retirada dos direitos trabalhistas tudo isto fica ainda pior; e recriar mais um imposto inviabilizaria ainda mais a articulação política e econômica. Na verdade ela viu que não teria êxito e desistiu”, opinou.  

    Mais adiante, Baldy disparou: “o brasileiro não pode pagar pelos erros que o Governo Federal cometeu. O brasileiro não suporta mais tantos escândalos de corrupção, prejuízos da Petrobras e no BNDES; agora o governo vem dizer que não consegue pagar as contas? O Bolsa Família está atrasado; tudo isto coloca o governo Dilma em xeque”.

    Quanto aos arquivamentos das denúncias contra a presidente Dilma, Baldy enfatizou: “Tenho respeito pelo Ministério Público, pois cumpre seu papel de defender o povo e o Estado de direito, até mesmo para ser ter menos corrupção; mas neste caso está comprovado claramente que foram colocados recursos de propina nas contas de campanha de Dilma, isto não há duvidas. O PT recebeu dinheiro de propina, dinheiro de imposto que foi desviado; infelizmente Janot pede arquivamento; mas nós queremos a investigação, se dinheiro público foi colocado em campanha é crime; e a chapa seria cassada e colocada para fora do Palácio do Planalto”.

    Na avaliação de Baldy, há indício de caixa dois durante a campanha da petista. “O povo não quer o PT comandando o Brasil através de corrupção. Deveríamos investigar. O PSDB vai cobrar, achamos estranho o arquivamento antecipado das denúncias. Deve-se investigar e punir os culpados”, criticou.